O QUE É O AMOR REAL?

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude 

O que pode ser mais grandioso do que amar alguém? Resposta: “Entendê-lo.”

Quando digo ao meu filho que eu o amo, mas recentemente eu lhe disse que a nota 9 que trouxe na prova de matemática devia ser 10, ou que ele nunca se comporta do modo como devia, eu lhe mostro na prática que não o entendo. Então o “eu te amo” que lhe disse soa negativo. E ele pensa: “Você ama quem você gostaria que eu fosse. Este ser que sou eu você não ama”.

Por outro lado, quando ele sente que eu observo seus pontos positivos e os valorizo – mesmo se corrijo suas atitudes negativas –, ele sabe que toda a expressão real de quem ele é está gravada na minha alma, e, por isso, sabe que o meu amor é real.

O que significa “entender uma pessoa”? É captar seu modo real de ser, suas ações, seus pensamentos, sua identidade... e acolhê-la. Enquanto você se incomodar com suas atitudes por serem discordantes daquelas que você reputa como corretas, a despeito do quanto ela se esforce em acertar, não existirá esse “entendimento”. E isso é indispensável à relação de mão dupla entre quaisquer duas pessoas, em toda e qualquer circunstância.

Todos nós temos uma identidade, desejamos assumi-la diante dos demais e fazemos tudo para que a aceitem como ela é. Aqueles que se esforçarem para conhecê-la a partir dos nossos pontos positivos, abrirão  condições ideais para estabelecer conosco um relacionamento sadio e frutífero.  

“Ama o próximo como a ti mesmo” é a lei de ouro da convivência e da paz entre os homens. E mesmo a Lei do Amor nos ensina que só é possível a alguém amar seu próximo  a partir do momento em que tenha amor por si, ou seja, a começar no instante em que reconheça sua própria identidade e abra-se para entender a identidade do outro.

Compartilhe esta publicação: