O estranho modelo de liderança da Bíblia

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

A Bíblia é uma fantástica fonte de lições sobre liderança. Não só por ser o livro sagrado das principais religiões do Planeta, mas pela postura que vários dirigentes do povo Judeu assumiram ao longo de milênios de História e seus resultados.

A pergunta óbvia de quem deparou-se com as Sagradas Escrituras é: “Por que tantos líderes Judeus  foram pastores de ovelhas antes de dirigir o Povo?”

David, o segundo Rei de Israel e protótipo do Messias prometido, comenta em um de seus Salmos que, primeiro levava os cordeiros para comerem a relva macia, depois as ovelhas adultas para a relva mais dura e as mais velhas para a relva graúda. Esta dedicação e compaixão por cada animal mostrou que aquele jovem pastor reunia aptidões para conduzir sua nação.

Moises cuidava do rebanho do sogro, Jetro, quando uma cabra fugiu. Ele a seguiu e encontrou-a bebendo água. Então lhe disse: “Eu não sabia que sede levou-a a fugir. Você está cansada. Eu a carregarei de volta”.

Estes e outros homens mostravam sensibilidade e compreensão por seus rebanhos, sobretudo aos animais mais fracos. Eles conheciam os hábitos de cada um e os tratavam individualmente.

Ao longo de mais de trinta anos de atuação profissional, eu tenho visto propostas de formação de líderes que empregam competições, técnicas de sobrevivência em ambientes críticos e dinâmicas agressivas, além de inúteis aulas de doutrinação e diferentes formas de bla bla bla sem  qualquer efeito considerável.  A esse propósito caberia questionar: “Onde estão os líderes que saíram destes treinamentos? Para quê, de fato, servem já que não cumprem o que vendem e nada produzem senão rendimento financeiro a seus instrutores – que não são capazes de liderar nem a si próprios?”

A Bíblia é a fonte perfeita e pura da sabedoria verdadeira. Dela se aprende que líderes verdadeiros valem mais do que o ouro puro e são tão escassos quanto compassivos e sábios pastores de ovelhas. 

Compartilhe esta publicação: