QUEM NÃO QUER SER ASSIM?

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Em um mundo atormentado pelo estresse e pelas lutas pessoais, todos –  de psicólogos, psiquiatras e assistentes sociais a religiosos e pesquisadores – querem saber por que e como algumas pessoas são melhores do que outras em se recuperar das dificuldades.

Nós queremos compreender por que algumas pessoas conseguem lidar com estresse e trauma de um modo que lhes permite seguir adiante na vida enquanto outras parecem ser mais afetadas e paralisadas.

Desde a década de 1970,  este tema tem merecido a atenção de estudiosos que deram nome a esta capacidade de Resiliência.

Pessoas resilientes têm o poder de permanecer conscientes e autênticas sob grande estresse e nervosismo. 

As pesquisas mais recentes mostram os cinco fatores mais comuns deste atributo de personaliadde. Elas são habilidosas em resolver problemas, apresentam maior tendência a procurar ajuda, acreditam que podem controlar seus sentimentos e emoções, possuem mecanismos de apoio social e mantêm conexão forte com amigos, colegas e familiares.

É claro que há outros fatores, dependendo do pesquisador, mas por estes  vê-se que os resilientes não são orgulhosos e nem arrogantes,  porém mantêm consciência de que precisam de outros indivíduos e se dispõem a ajudá-los quando necessitam deles.  Não é maravilhoso?

Compartilhe esta publicação: