O DILEMA DA COCA-COLA

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Blog Profissão Atitude

O marketing não é uma batalha de produtos. É uma guerra de percepções. Os fabricantes de refrigerantes acreditam que o marketing seja uma batalha de paladares. 

Quando a Coca-Cola resolveu mudar a roupagem de seu tradicional refrigerante e chamá-lo New Coke, realizou 200 mil testes de paladar que ‘provaram’ ser a New Coke mais gostosa do que a  Pepsi. 

A fórmula original da Coca passou a ser chamada de Coca-Cola Classic. 

Depois de milhões de dólares gastos em propaganda para divulgar ao público o resultado desta fabulosa pesquisa, a New Coke, que aparecia na pesquisa como tendo o melhor sabor, ficou em terceiro lugar nas vendas. A Coca-Cola Classic, cuja pesquisa mostrava ter o pior sabor, ficou em primeiro. 

Duas conclusões saem daqui:

PRIMEIRA: Cada indivíduo percebe as coisas ou os eventos de acordo com a importância que tem para ele. E acredita naquilo que quer acreditar. 

SEGUNDA: Grande parte das pesquisas só serve para tabular mentiras, porque todo mundo mente,  e para as empresas levarem verdadeiras fortunas por um trabalho que acaba sendo inútil. Foi o que ocorreu à Coca-Cola neste episódio.

Mas eu farei outra advertência por estes argumentos. Cuide para não delegar às mãos de gente inexperiente a decisão sobre produtos, comunicação e outras formas de exposição da sua empresa ou marca.  

Com a sua marca ou produto jamais permita que se empregue o método da "tentativa e erro".

A conta a ser paga por esta grosseria será muito, muito mais cara do que você é capaz de calcular.

Compartilhe esta publicação: