Image

COMO AS MUDANÇAS ACONTECEM

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Muita gente imagina que a revolução da Tecnologia da Informação ocorreu com o microchip. Não é verdade.  Foi com a invenção da imprensa por tipos móveis, de Johannes Gutenberg, em 1440. Isto é o que causou a maior explosão de ideias de todos os tempos.

Já existiam livros antes de Gutenberg. Mas eram itens de luxo da nobreza e do clero. Os escribas produziam um exemplar de cada vez.  Na época, pagava-se aproximadamente 1 florim de ouro por cada cinco páginas reproduzidas de um único manuscrito. Em valores atuais, esta moeda valeria cerca de 200 dólares. 

Assim, um livro de 500 páginas chegava a custar 20 mil dólares.  E vinha com uma série de erros de transcrição porque seria a cópia da cópia de uma cópia. Oos erros se multiplicavam e mudavam a cada geração.

A invenção do tipo móvel mudou isso drasticamente.  De uma hora para outra o custo de produção de um livro diminuiu quase trezentas vezes caindo de 20 mil dólares em valores atuais para 70 dólares.

A prensa de Gutenberg aumentou também a demanda de óculos, já que a nova prática de leitura fez muitos europeus perceberem que não enxergavam de perto.  E o negócio de óculos incentivou as experiências com lentes, levando à invenção do microscópio e do telescópio – responsáveis pelas revoluções na Biologia e na Astronomia.

Quem podia imaginar que a impressão em papeis tivesse tanto a ver com a ciência e a tecnologia? É como a  queda de peças de dominó enfileiradas. É exatamente assim que as grandes mudanças acontecem.

Ler Mais

Image

UM MUNDO SEM COMPLICADORES

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Imagine um mundo sem mediadores, sem chefes, sem colegas de recursos humanos, sem ninguém dizendo o que você não pode fazer.

Se vivesse em um mundo assim, o que você faria?

Vamos, tente imaginar.

A verdade é que exatamente agora, na China,  há uma fábrica que faz as mesmas peças que a sua por um décimo do preço.

Descendo a rua, tem lá um restaurante copiando o seu menu e a sua carta de vinhos, mas cobrando 20% menos que você.

O último agente de viagens de que se tem notícia deve ter viajado para bem longe, porque ninguém mais o viu.

Os editores de revistas deixaram seu crescimento para os blogueiros.

A Wikipédia não teve de pedir autoização alguma à Encyclopædia Britannica para ocupar o maior espaço de que já se ouviu falar sobre conteúdo gratuito. Colaboradores simplesmente apareceram e fizeram o trabalho. E os funcionários da Britannica apenas assistiram.

Intermediários, secretários e investidores nunca foram tão pouco importantes. Ano passado, 90 novos negócios na internet foram fundados em São Francisco e em Nova York pelo valor equivalente ao que se gasta para fundar um terço disso no Vale do Silício.

Sendo assim, se dinheiro, acesso e poder organizacional não são mais as bases da economia conectada, então, o que é?

Eu vou dizer, mesmo sabendo que poderei ser julgado como louco.

O mundo dos negócios hoje depende se um só atributo para que as coisas aconteçam. E ele é: iniciativa – atitude ousada. Refiro-me a começar, passar do ponto em que não há mais volta. Dar o salto. Comprometer-se. Fazer acontecer.

É isso! Não tão simples, não tão fácil, mas objetivo e assertivo assim!

Ler Mais

Image

CUIDADO COM INOVAÇÃO

Abraham Shapiro

O maior desafio de qualquer empresa é descobrir quais desafios resolver. 

Como as organizações têm dinheiro e recursos limitados, é essencial priorizar.

A Blockbuster foi a maior rede norte-americana de aluguel de filmes. Ela investia muito dinheiro em inovação. Mas nunca inovou naquilo que era mais necessário: seu modelo de negócio. Investiu energia demais, porém não chegou a lugar algum. Faliu.

Um investidor financeiro sabe que colocar todo seu dinheiro num tipo de poupança que dê 1% de rendimento ao mês pode ser seguro, mas seu investimento nunca irá crescer. Terminará pobre.

Por outro lado, colocar todo o dinheiro em investimentos especulativos arriscados com enorme potencial de valorização representa ao mesmo tempo uma grande chance de desvalorização. Também é ruim.

Muitas empresas querem inovar. O mercado exige.  Mas inovação necessita de administração tanto quanto uma carteira de investimentos. E também de prioridades. Inovar por inovar é inócuo. É preciso saber que a coisa certa está sendo feita com risco mínimo.

A Xerox é focada em inovações radicais. Implantou um Centro de Pesquisas em Palo Alto, Califórnia. Mesmo assim, poucas vezes encontrou maneiras de colocar grande parte de suas invenções no mercado. Sabe quem mais se beneficiou do trabalho da Xerox? A Aple, de Steve Jobs.

Não se iluda e nem se arrisque demais com a ideia de inovação. Como em várias atitudes na vida, inovação exige que se tenha em mente que a diferença entre um tubo de água e um de esgoto é apenas o que passa dentro.

Ler Mais

Image

O FUTURO DOS NEGÓCIOS NA AGRICULTURA

Abraham Shapiro

A coisa está mudando muito no campo. 

No passado, o principal personagem da agricultura chamava-se: roceiro. Progrediu para lavrador. Depois: sertanejo, camponês, homem do campo, agricultor, produtor rural, e, hoje, ele é chamado de: “empresário do agronegócio”.

Não se trata de simples mudança na nomenclatura. Houve evolução real e, por trás desse processo,  um mundo de visões poderosas se esconde e pode ajudar todos os envolvidos com este significativo segmento da economia.

O investidor rural, atualmente, é um empresário com todos os direitos e deveres que a palavra encerra. Mas poucas empresas que fornecem produtos e serviços sabem disso. Muitas talvez persistam na abordagem simplória do Jeca Tatu que tomou banho e aprendeu a vestir-se. Não é isso. E nem trata-se do comprador compulsivo de caminhonetes e imóveis.  

O que o empresário do agronegócio deseja não se limita a detalhes técnicos de produtos. Ele anseia por serviços que adicionem aprendizagem sobre gestão e alcance de resultados nos negócios.  Aquele blá blá bá de vendedor, de pesquisador e outros “ruminantes de descobertas e mágicas” já é totalmente desprezível. Ele almeja por parceiros que tragam utilidades práticas para seu negócio!

Na minha visão, o que virá a seguir é a noção e prática crescentes de valor. Quero dizer: cada vez mais a produção de commodities, como soja, milho e outras, receberá incrementos em termos de produtos, produtividade e qualidade. Detalhe: absolutamente mensuráveis. Estes serão os diferenciais.

Só então sairemos do nível presunçoso e fantasioso de um “Brasil Celeiro do Mundo” para o digno status de país sério e comprometido com as reais possibilidades de uma agricultura produtiva e com qualidade. E o produtor rural é e prosseguirá sendo o grande protagonista deste cenário... como sempre foi. 

Que esse tempo chegue logo!

Ler Mais

Image

CRESCENDO COM O POTENCIAL DO YOUTUBE

Abraham Shapiro

O rapaz de mais ou menos 25 anos me pergunta onde poderia fazer um curso básico de Planilha Excel.

-  “Quanto você estaria disposto a investir?” – eu investigo.  

Ele responde:

-  “Até 500 reais.”

Então eu proponho:

- “Que tal economizar essa grana para investir num curso avançado e específico para a sua área?”

- “Como assim?” – ele se interesse. “E como eu aprendo o básico?”

Então eu dou a dica:

- “O básico você encontra no Youtube. E é gratuito.”

Agora eu me dirijo a você, leitor. 

Se você ainda não descobriu o poder desta fabulosa mídia ou se apenas a utiliza para ver vídeos de piada e música, não sabe o que está perdendo.

O YouTube é uma fonte incrível e incalculável de boas ideias, palestras, cursos e muito mais, dos assuntos mais variados. É claro que também há bobagem de sobra no meio de tudo isso.  Cabe a você discerneir.  

O boletim Profissão Atitude tem lá um canal com mais de 350 vídeos que você poderá utilizar para o seu autodesenvolvimento e para o da sua equipe. 

Para inscrever-se você deve ter uma conta gratuita no Gmail. Acesse o YouTube, digite Profissão Atitude na busca e, ao encontrar o canal, clique no botão que aparece abaixo de qualquer vídeo onde se lê INSCREVER-SE.

Você e os seus funcionários vão ganhar muito com o nosso canal, que é gratuito.

Use o potencial do Youtube para incrementar os seus conhecimentos, habilidades e competências. Só depende de você.

Ler Mais