FUNCIONÁRIOS ESTÚPIDOS

Image

Abraham Shapiro

Quantos funcionários estúpidos estão no quadro da sua empresa?  Estúpido significa  pouco inteligente ou burro. 

Se você não sabe, devia. E se pensa não haver nenhum, continue lendo, por favor. 

Eu e um amigo estávamos num famoso café da cidade. Fiquei no cafezinho espresso enquanto ele pediu um sanduíche de queijo, tomate e folhas de alface em pão de forma -  detalhe : sem presunto. 

Então perguntei ao graçom: 

- “Você não vai anotar o pedido?”

Ele apontou sua cabeça com o dedo indicador, alegando, por mímica, que sua memória dispensa anotações. 

Resultado: veio o presunto. É claro. É a receita que estava no cardápio e a cozinha só o tiraria se houvesse uma anotação clara.

Meu amigo mandou trocar.  De novo o mesmo erro. Só no terceiro sanduíche o pedido veio certo. 

Tudo podia ser diferente se o estúpido garçon não confiasse em sua memória de pernilongo ou percevejo.

Agora pense comigo. Se este garçom sozinho faz isto, imagine quanto prejuízo não causam todos juntos. Inclua cozinha, caixa, atendimento telefônico...

Há alguém na sua empresa que contabilize os erros que os funcionários cometem? 

O futuro de qualquer negócio depende do valor que se dá a cada coisa, a cada procedimento e atitude. É uma somatória. 

Quando os funcionários sabem que é importante melhorar o desempenho porque lhes foi insistentemente falado e ensinado, isso se incorpora na vida deles. Então saberão que nesta empresa é assim  e passarão a filosofia aos novatos como sobreaviso. Torna-se uma cultura.  

No entanto, quando ninguém jamais se preocupa com melhorias, nem se toca no assunto, a lição subliminar que fica é que “tanto faz”. E eles pensarão: “Por que fazer melhor?”  

Existem mais razões porque eventualmente o seu negócio não esteja indo bem do que todas aquelas suposições místicas que você imagina ou cria. Pense mais e melhor nisso.

Compartilhe esta publicação: