QUERO ME MUDAR PARA OUTRO PLANETA!

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Morreu Stephen Hawking, considerado um dos grandes cientistas deste século.

Um querido amigo noticiou-me sua morte por Whatsapp e anexou um comentário pessoal à informação. Disse que Hawking defendia que a raça humana necessita achar outro planeta para explorar e viver. E aproveitou para afirmar que, do jeito que tudo anda chato por aqui, ele se candidata a uma passagem só de ida para Marte.

Rimos muito da piada.

O fato é que a brincadeira do meu amigo reflete uma crença de muita gente inconformada com as guerras, com a corrupção, com a agressão ambiental, com a justiça deturpada do país e tantas outras questões  vergonhosas. Então, a ideia de fugir a outro planeta lhes parece satisfatória.

Contudo, ao buscarmos entender as causas de todos os desvios com que somos obrigados a ler nas revistas e jornais diariamente, é inevitável concluir que mudar-se daqui para qualquer outro planeta habitável do universo colocaria o novo lugar sob os mesmos riscos e tudo acabaria igual ao que fizemos no Planeta Água. Porque não se trata de um problema de espaço físico, mas de comportamento.

Os estragos que causamos aqui, devem ser consertados aqui. E enquanto não formos capazes de fazer deste mundo o lugar propício para a vida equilibrada de todos nós, não o seremos em qualquer outro – seja real ou imaginário.

A solução dos problemas deste mundo, sem sombra de dúvida, começa por nós e por tudo o que fazemos.

Compartilhe esta publicação: