VOCÊ OUVE A SUA INTUIÇÃO?

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Algo que sempre deixa as pessoas em dúvida é aquela voz interior que recebe o nome de intuição.

Muitos acham que ela seja independente de qualquer processo de raciocínio. Não é!

Estudiosos acreditam que a intuição seja um processo de associação inconsciente e contínuo, como um quebra-cabeça mental. Você observa algo, aí o cérebro vai até seus arquivos e faz a combinação entre o que você observou e as suas memórias, conhecimentos e experiências lá registrados. A partir de então, isto se transforma na voz que você passará a ouvir no seu pensamento quando se deparar com outras observações posteriores.

Às vezes, a intuição nos diz o que desejamos saber.

Outras vezes ela apenas informa que precisamos de mais dados ou de mais raciocínio e análise. Este último caso nunca nos agrada porque tudo o que queremos é ter a certeza e a garantia de uma resposta segura senão ficamos com medo. Na ausência desta resposta do modo como nos agrada, saímos em busca da confirmação dos outros – seja para dividir responsabilidade ou culpa. A verdade é que ninguém se dá bem com o fato de não saber.

Lembre-se, portanto, que nem sempre a intuição dará respostas.  Ela poderá dizer que você não sabe o bastante para decidir sem que investigue mais.

Se isto vier a aconteça, adquira mais conhecimento e aprenda o que falta. Aprimore-se e a sua voz interior será cada vez mais confiável em vez de silenciar.

Compartilhe esta publicação: