ESCREVER BEM É DIFERENCIAL DE SUCESSO NA CARREIRA

Image

AVRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Houve um escritor que declarou haver três regras para escrever um bom romance. E completou: “o problema é que ninguém sabe quais são”. Escrever um bom relatório ou uma proposta eficaz também é assim. A questão não são as regras, mas sobretudo “o que funciona” e “o que não funciona”.

A maior satisfação da vida profissional é constatar que aquilo que você escreveu causou o impacto que desejava, e foi persuasivo. Isto acontece quando as pessoas usam o seu texto para algum fim. Eu me sinto com a minha missão cumprida quando os meus textos servem para ajudar as pessoas a serem melhores ou a trabalhar com mais assertividade.

Um texto bem escrito consiste de palavras simples e curtas, e de parágrafos breves, fáceis de ler.

Sempre é possível transformar tudo numa linguagem clara, legível e objetiva. Exige conhecimento e treinamento.

Escrever é uma habilidade pouco desenvolvida entre jovens recém-formados, já que a maior parte das universidades dá pouca prioridade à escrita em seus cursos. Alguns professores, infelizmente, só criticam ou fazem piadas sobre as expressões ridículas de trabalhos e provas de seus alunos.

Profissionais bem-sucedidos em quaisquer áreas se comunicam bem quando escrevem. Aliás, eles não teriam chegado aí sem dominar esta arte. E os que têm dificuldades, contratam o auxílio de tutores ou coaches para lhes dar conhecimento de gramática e redação.  

E quanto a você? Se a sua escrita não é satisfatória, o que está esperando? Mexa-se. Sua vida profissional pode estar em apuros. Comece a estudar português e redação hoje mesmo. Invista naquilo a que poucos dão valor. As suas chances de sucesso se ampliarão exponencialmente. Eu garanto.

Compartilhe esta publicação: