SER ÚNICO É MELHOR DO QUE SER DIFERENTE

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Blog Profissão Atitude
 

Você atende e satisfaz os seus clientes? Você ‘faz das tripas coração’ para que eles vivam uma experiência memorável,  capaz de simplesmente transformar  sua maneira de encarar o mundo?

Eu conheci uma jovem senhora que comercializa semijoias de um jeito fascinante. Ela poderia vender o que bem quisesse neste mundo, porque o faz com um toque especial e produz em suas clientes um estado incomparável de autoestima – quer comprem muito ou pouco.  

Ela não faz absolutamente nada que se pareça com lojas comuns.  Para começar, é impossível que alguém em seu showroom diga: “Estou só olhando!” A porta é mantida fechada o tempo todo e só se entra com hora marcada ou a convite.

Ao chegar, a pessoa é anunciada e recebida em um ambiente finamente produzido. Após as apresentações, começa a etapa  que mais se parece com uma ‘anamnese médica’ –  um questionário verbal objetivo em que se busca saber  ‘o que’  a cliente potencial deseja comprar e, mais importante, o motivo da compra. Cada pergunta envolve sentimentos e emoções.

Após este ritual, os produtos que melhor se enquadram ao perfil e à descrição captada nas respostas são colocados à vista da cliente. Se for preciso e ela desejar, poderá  trazer seus vestidos, sapatos e outros acessórios  para compor o conjunto com as peças de semijoias  sugeridas a fim de fazer a escolha perfeita.

O modelo de negócio mostra que a ideia de vender do jeito de sempre morreu, graças a Deus! E a Andreza Mota  Semijoias ‘sacou’ isso. Ela é fanática por atendimento e descobriu ser impossível  competir em preço com grandes lojas e sacoleiros de porta em porta.  Então o que lhe ‘sobra’? Ser melhor. Ou mais que isso: ser única. E ela consegue!

O resultado? Em 99,9% dos casos: alto nível de satisfação. As clientes vivem um momento inesquecível de beleza e autoestima e dão o devido reconhecimento através de manifestações  espontâneas nas mídias sociais. O bacana é que voltam para comprar mais. E o motivo é óbvio. Elas querem este atendimento magnífico.

Compartilhe esta publicação: