PESCADORES DE TOLOS

Image

Abraham Shapiro

A nova salvação da "lavoura do desemprego brasileiro" chama-se CONSULTORIA. 

O cara ganha as contas e, depois de três ou seis meses sem se recolocar, compra um terno de 250 reais, uma maleta, uma gravata... Ela compra uma bolsa no cartão de crédito, um conjuntinho com cara de "executivo", um sapatinho caro, tira uma foto com cara de intelectual, manda pra coluna social e... estão oficialmente lançados como CONSULTORES EMPRESARIAIS.

Duas lições a aprender aqui: 

Primeira. É complicado tomar uma coluna social como indicador de competência de quem quer que seja. É mais provável supor que quem precisa de uma coluna social para se dizer profissional esteja desesperado ou quebrado.  O propósito de uma coluna social é outro. Há algo que ouço da boca de pessoas de sucesso real, entre elas, o grande investidor e milionário Warren Buffet e que lhe direi agora: “Quem tem o que exibir ou de que gabar-se faz questão de não mostrar a ninguém.”  Sempre que este padrão for quebrado, inspira suspeitas.  

A segunda coisa que se aprende deste fenômeno atual da banalização da consultoria é que este país ainda vai pagar caro por tantos anos sem investir em educação!

Tudo bem. Esta moda também vai passar. 

A minha preocupação é que você e a sua equipe não se deixem levar pelas dezenas desses “gurus de última hora” que semanalmente pleiteiam uma apresentação pessoal na sua empresa. Talvez nem todos sejam de se jogar fora. Mas a grande maioria não passa de verdadeiros “pescadores de tolos”. E é isso o que me faz crer que você não será fisgado.

Compartilhe esta publicação: