EVENTO DE NETWORK FUNCIONA? OU É "FRIA"?

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Todo mundo já deve ter ido a pelo menos um evento de network. Pra quem não sabe, este é um encontro promissor em que a maioria das pessoas chega com a expectativa de fazer novos contatos que possam ajudá-las na carreira ou nos negócios.

Existem estudos desenvolvidos em grandes universidades americanas comprovando que esses eventos não cumprem o que prometem. A causa? As pessoas acabam sempre conversando com algum conhecido enquanto bebem um aperitivo no canto da sala.

Para o sujeito introvertido, então, um evento assim é um verdadeiro terror. Já, os extrovertidos não têm problema para conversar, porém, consultores com consultores, corretores de imóveis com seus congêneres, e assim por diante. Ou seja: chances reais de cruzamento de interesses, do tipo compra-venda, não existem.

Eu, particularmente, já ouvi muitas pessoas a respeito destes encontros. Quase todas dizem ter saído dali sentindo que perderam tempo.

O problema com os eventos de networking é que eles nunca têm um propósito mais amplo, além de apenas proporcionar às pessoas que conversem. E sem esse propósito maior, o  incentivo para ir além do bate-papo é muito pouco.

A minha sugestão para aqueles que insistem em promover esse tipo de evento de relacionamento é:  contratem um bom palestrante que, ao estilo Ted Talk, exponha um tema por 15 ou 20 minutos e que funcione como ignição em aproximar as pessoas.

Pode ser que assim a coisa funcione.

Compartilhe esta publicação: