MEDO E ANSIEDADE - COMO SUPERAR?

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Ansiedade é quando a pessoa reage irracionalmente a um mero galho de árvore como se fosse uma cobra venenosa. Medo é quando ela reage a uma cobra venenosa como se ela fosse exatamente isso, venenosa. Sigmund Freud disse isto.
A ansiedade é prejudicial. 
O medo pode ser bom. Ele ajuda a nos proteger de coisas perigosas — como assumir riscos. 
Uma das ideias que ajudam um empresário consciente a equilibrar o medo do fracasso é aceitar o fato de que fracasso é parte natural da atividade empresarial. 
Em países hiperempreendedores – como Israel, China e Islândia –  é comum um negócio que ainda engatinha errar. E eles costumam dizer: “O fracasso vem cedo; o sucesso é que leva tempo”. 
Errar logo no início é importante porque produz um aprendizado sistêmico sobre onde estão – ou não –  as oportunidades, e como lidar com elas.  
É errado achar que os insucessos de uma empresa em fase inicial sejam um indicador de que não dará certo. Pelo contrário. Estes são os erros que, sendo suas causas bem trabalhadas, produzirão os músculos necessários para superar desafios futuros.
Até onde eu sei, empreendedores desenvolvem um saudável medo daquilo que pode dar errado. Os que têm sucesso, no entanto, são aqueles que não se deixam paralisar e enfrentam, sem ansiedade, todos seus medos.

Compartilhe esta publicação: