NADA DE TEIMOSIA

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Perseverante, por definição, é a pessoa que procura manter-se constante e firme sem mudar ou variar a intenção. Teimoso é o indivíduo que insiste a ponto de tornar-se birrento.

São diferentes. E a linha que separa um de outro é muito fina.

A pergunta útil é: “Quando deixamos de ser perseverantes e passamos a ser teimosos?”

Vai depender do resultado. O senso comum associa a perseverança a um propósito positivo e a teimosia ao negativo. Mas também pode-se dizer que repetir erros ou agir insistentemente com estupidez é teimosia.  Buscar benefícios mediante um planejamento racional é perseverar.

Uma história ilustra esta sabedoria.

Dois homens sentados em um morro, olhavam o pôr do sol no horizonte quando veem um animal a certa distância. Sem saberem exatamente que bicho era, um deles diz:

- “Veja só que urubu imponente!”

O outro, contrapondo-se, diz:

- "Isto não é um urubu. É um grande coelho".

Após longa discussão em que cada um defendia seu ponto de vista, os dois tiveram uma ideia para acabar com a discórdia: dar um tiro para o alto. Se o animal voasse, seria um urubu, se corresse, seria um coelho.

O primeiro toma iniciativa, dá o tiro e o bicho saiu voando. Sentindo-se vitorioso, volta-se para o amigo e pergunta:

- “Viu como eu tinha razão?”

E o outro, com olhar de surpresa, responde:

- “Que coisa incrível. É a primeira vez que vejo um coelho voar!”

Compartilhe esta publicação: