A GIGANTESCA DISTÂNCIA ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

Empresa nenhuma é brincadeira. Todos deviam saber disso.

Pelo contrário. Empresa é algo sério, difícil de ser mantido, complicado e exige conhecimento e clareza para tudo.

Ocorre que é lá, em cada empresa deste planeta, que todo mundo se julga apto a propor solução a problemas ou a discutir qualquer pauta.

Ouvi uma fábula sobre um grupo de ratos que vivia com medo de um gato esperto e capcioso. Eles resolveram promover uma assembléia a fim de encontrar um modo eficiente de acabar com o transtorno da constante perseguição do felino.

Vários planos foram considerados, discutidos e logo abandonados por não entusiasmar os participantes. Após horas de debates,  um jovem rato levantou-se e sugeriu dependurar uma sineta no pescoço do gato. Assim, sempre que ele se aproximasse, o som seria o aviso para fuga.

Todos vibraram e bateram palmas. A estratégia era, de fato, fabulosa.

Vendo o cenário efusivo, um velho e experimentado rato que havia permanecido quieto o tempo todo, levantou-se de seu canto, pediu a palavra e declarou apreciar a inteligente proposta que  certamente resolveria a grande questão. Restava apenas um pequeno e definitivo detalhe. Quem iria botar o sino no pescoço do gato?

Moral da história: Teoria é apenas teoria. Se você acha que ser empreendedor ou desenvolver um plano é a coisa mais respeitável e simples que existe, espere até ver de perto o que será preciso para pô-lo em prática.

Compartilhe esta publicação: