BLINDE A SUA EMPRESA CONTRA A INCOMPETÊNCIA

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o PortalProfissão Atitude

Problemas no casamento não se resolvem com viagens, nem com mais filhos. Incompetência na empresa não se acerta com mudança de função, de  área ou por qualquer ação exterior.

Um incompetente é comparável a um incêndio: quanto mais se demorar a agir, maior será o estrago.

Por definição, incompetente é o indivíduo que não tem a habilidade para desempenhar o que se propõe. Ele pode até possuir o saber teórico, adquirido em livros ou numa escola, porém não a capacitação prática.

Como se cura a incopetência? Capacitação. Treinamento severo, constante, abrangente e crescente. E depois: muito exercício assistido por um veterano até que chegue ao padrão de qualidade esperado. Isto vale tanto para um marceneiro, como para o engenheiro, dentista, funileiro, médico, garçom, caixa ou atendente de qualquer tipo.

Oferecer a um incompetente apenas um recomeço ou novo local de atuação equivale a remeter  o desastre a outro endereço –  e “queimar o filme” do coitado.

Agora, se o seu objetivo é blindar a sua empresa contra a incompetência, a decisão consiste em fortalecer poderosamente o processo de recrutamento e seleção de novos funcionários. Permitir a entrada de um  novo incompetente ao ambiente empresarial corresponde a injetar veneno na sua veia. O estrago é sempre incalculável. Não arrisque.

O melhor é contratar os serviços profissionais de uma agência especializada de seleção de mão de obra.  

Trate com profissionais e então profissionalize.

Compartilhe esta publicação: