CONCORRÊNCIA RIMA COM INTELIGÊNCIA

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Blog Profissão Atitude


Todos viram a chegada ao Brasil de uma empresa multinacional norte-americana de serviços eletrônicos na área do transporte privado urbano através de um aplicativo de celular que oferece atendimento similar ao táxi tradicional, popularmente conhecida como serviços de carona remunerada, ou simplesmente: Uber.

Quem não se lembra dos conflitos, passeatas e outros protestos violentos que os taxistas promoveram em reação à novidade? Teve até ameaça de morte. 

Acontece que todo aquele movimento acabou servindo como uma valiosa e  gigantesca promoção ou propaganda que só fez fortalecer o recém-chegado concorrente. Um erro fenomenal!

Os usuários assistiam a tudo e sentiam-se tentados a conhecer a inovação. Quando provavam seu funcionamento, a diferenciada política de preços e demais vantagens, sentiam-se seduzidos e, por conseguinte, juravam fidelidade até a morte.

Em muitas cidades, vários profissionais de táxis perceberam a fragilidade do conflito e adotaram a  tática de conceder desconto de vinte, trinta, quarenta por cento ou mais para atrair clientes evadidos.  Não funcionou, até porque alguns deles, agindo de má fé, faziam percursos mais longos a fim de tirar a diferença do preço.

Analisando os fatos, vê-se que tudo podia ser diferente e o prejuízo amargado pela massa de motoristas que atua na modalidade tradicional minimizado. Bastava um cuidadoso estudo das fraquezas que o novo serviço oferecia, seguido de uma estratégia profissional e inteligente, em lugar de violência precipitada e fanática. 

Nesta vida, tanto as boas coisas como as ‘não boas’ exigem avaliação calma e prudente.  Qualquer atitude impetuosa, por si só, provoca perdas. E se assim é para a vida, quão não será para os negócios? Até porque todo radicalismo desperta rejeição. 

Jamais subestime um concorrente. Concorrência não se vence pela força, mas com sabedoria, pois “quem tem pressa, come cru”. E mais sofrível que isso, será ficar sem o que comer por ter estragado tudo.

Compartilhe esta publicação: