TEM CERTEZA DE QUE UM CONSULTOR VAI RESOLVER?

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Blog Profissão Atitude

O empresário pergunta ao consultor:
- “Quanto você cobra pela consultoria?”
E o consultor:
- “Primeiro encaminho uma proposta. Depois cobro 5 mil reais para responder a três perguntas”.
- “Mas isto não é muito caro?” – questiona o empresário.
- “Pode ser. E qual é a sua terceira pergunta?” – responde o consultor.

A consultoria, como todas as outras profissões, tem bons e maus profissionais. 

Como selecionar um consultor competente?

Primeiro: conheça exatamente o problema para o qual deseja a ajuda e as várias opções para sua solução. 

Teste o candidato a consultor. Faça perguntas com e sem sentido. Se ele criar respostas “forçadas”, agradeça, e depois o despeça. Não aceite “eu acho” como resposta. Noel Rosa dia: "Quem acha, vive se perdendo!"

Todos os resultados milagrosos de que o consultor se gaba são suspeitos.  Peça, então, casos comprovados para a sua averiguação. Se não tiver, tudo o que ele disser é duvidoso.

Não engula termos exóticos em inglês. Isto é fuga. 

Peça que ele se explique com simplicidade. Se continuar falando idiotices, você saberá que é isso o que ele sabe fazer bem. Desista já.

E quando ele recitar aquela impressionante lista de clientes a quem "salvou da desgraça ou da morte", peça que dê o contato de apenas um deles. Se gaguejar, ou der desculpa... novamente: agradeça e “Bye, bye, Mané!” 

Busque um consultor referenciado, porque os outros talvez só sirvam mesmo para dar palestras de motivação.

Compartilhe esta publicação: