DIREITO À PRIVACIDADE

Image

ABRAHAM SHAPIRO para o Portal Profissão Atitude

O leitor Renato Oppenheim  enviou-me um email em que dizia: “Eu tenho uma agenda muito ocupada durante o dia e espero ter a noite tranquila em casa, quando posso ler um pouco e usufruir da minha família. Mas sempre chegam chamadas telefônicas comerciais ou sociais que não tenho interesse em responder. É certo pedir a um membro da família que atenda dizendo que não estou em casa?”
E aqui vai a minha resposta.
Caro Renato. A título de curiosidade apenas, certa vez ouvi a palestra de um mestre na Lei de Moisés sobre um mandamento Bíblico que diz: "Distancie-se da mentira".  Este comando, dizia ele, alerta contra faltar ao cumprimento do dever por interesse ou má-fé de qualquer modo, independentemente de quão justificável seja.
Portanto, o melhor é não mentir. E se você instruir o seu filho a dizer uma mentira por você,  estará cometendo o segundo erro: treinando um mentiroso.  Amanhã ele poderá ser um especialista nisso.
Pois bem. Vamos então ao que você pode fazer.
Uma atitude correta é desligar o celular durante o seu descanso. Caso não possa, solicite a alguém que o atenda e informe ao chamador que você não está disponível. Isto é verdade, não? Peça que a pessoa ligue de volta numa determinada hora do dia seguinte.
Cuidado com os maus hábitos cuja prática frequente os faz parecerem normais. São maus e, por isso, propagam o mal. Melhor e certo é enfrentar a realidade em favor de agir pelo bem, fortalecê-lo e multiplicá-lo. Esta é a atitude que resolve o seu problema e faz um mundo melhor.

Compartilhe esta publicação: